LÓGICA DO RACIOCÍNIO

PROPÓSITO

Volto a insistir: dos milhares de editoriais que já publiquei ao longo desses quase 15 anos de existência do Ponto Critico, nenhum deles foi escrito com o propósito de provocar tristeza, felicidade indiferença ou inconformidade dos leitores/assinantes.
 

LÓGICA DO RACIOCÍNIO

A minha úncia preocupação, que é a mesma de todo os pensadores (em torno de 60) que integram o Pensar+, sempre foi e continuará sendo a de ESCLARECER a relação -CAUSA/CONSEQUENCIA- das ações e propostas feitas por governos e pela sociedade como um todo. Detalhe: a única ferramenta que nos permitimos a usar é a LÓGICA DO RACIOCÍNIO. Nada mais.
 

CONHECIMENTO

Portanto, o que tem o real poder de provocar e/ou fazer os leitores mais alegres, tristes, indignados ou inconformados não é o meio de comunicação, mas, exclusivamente, o CONHECIMENTO DISPONIBILIZADO  através dos conteúdos constantemente escritos e publicados.

 

PROBLEMAS E SOLUÇÕES

 

Estou pra lá de convencido que só o SABER e o DISCERNIMENTO são capazes de fazer com que a sociedade se  coloque ao lado das SOLUÇÕES dos problemas. Caso contrário, o que nos resta é apenas continuar fazendo parte dos PROBLEMAS. E, portanto, uma questão de escolha. 

 

EXEMPLO NÍTIDO

Um exemplo nítido desta vontade -voluntária-, que me leva a constantemente levar esclarecimentos aos leitores, está na estúpida pressão dos governadores junto ao STF para que as dívidas dos estados sejam calculadas por Juro Simples.

Entendam: além de levar o país para a Idade da Pedra, a proposta é uma ataque frontal à CONSEQUÊNCIA. A legítima CAUSA, que está nos privilégios concedidos aos funcionários públicos (ativos e inativos), continua intocável. Aí está o verdadeiro e maior PROBLEMA.

SARTORI NAS NUVENS

Aliás, vejam só que disse ontem o governador José Ivo Sartori, quanto à decisão tomada pelo STF de adiar por  60 dias o processo sobre a renegociação da dívida dos estados com a União: “A melhor solução seria que a liminar permanecesse para sempre". Ou seja, Sartori não se pronunciou, minimamente, contra os privilégios impagáveis concedidos aos funcionários públicos. Que tal?

ECONOMIA IGUAL AO ROMBO.

No mesmo momento, o secretário do Tesouro Nacional, Otávio Ladeira, informava que o pagamento das dívidas dos Estados corrigidas por JUROS SIMPLES já produziu um impacto para a União de 2,5 bilhões de reais em abril. Como a liminar continuará valendo por mais 60 dias, o governo já está calculando qual será o impacto em maio e junho.

Pois é: a economia que os Estados estão obtendo com a liminar é igual ao rombo que provocam nos cofres do País. Que tal? A persistir a estupidez, a QUEBRADEIRA GERAL  É INEVITÁVEL.
 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • TAXA HORRIPILANTE

    O desemprego no Brasil , medida pela Pnad Contínua, do IBGE, que foi divulgada hoje, tem tudo para ser festejada neste domingo, DIA DO TRABLAHO: a taxa, horripilante, ficou em 10,9% no 1º trimestre, o maior resultado já registrado pela pesquisa, iniciada em 2012. Tá bom assim?
     

  • ARRASTÃO PETISTA

    Já o IPP (índice de preços ao produtor) registrou queda de 1,21% em março, após recuo de 0,63% em fevereiro. Tomando por base apenas estes índices já se percebe tamanho do ARRASTÃO PETISTA que está varrendo o Brasil para  CAOS. 
     

  • LONGE DA CRISE

    O que mais impressiona é que a crise passa longe do pessoal do setor público. Mesmo com a economia afundando, o desemprego no setor privado crescendo sem parar e o governo central registrando déficits brutais a cada mes, a Câmara de Deputados entendeu que deveria aprovar, em REGIME DE URGÊNCIA, o aumento dos salários dos fuincionários do Judiciário Federal. A proposta, pasmem, prevê reajustes entre 16,5% e 41,47%.  Pode?

  • PRONUNCIAMENTO CORRETO E EXEMPLAR

    Vale registrar, no entanto, que o deputado federal Nelson Marchezan Jr foi o único que se portou de forma exemplar, ontem no plenário da Câmara, ao manifestar repúdio total ao referido aumento. Ainda que tenha sido derrotado, assim como a maioria dos braileiros que enfrentam a crise, merece cumprimentos pela atitude. Parabéns, Marchezan!

FRASE DO DIA

Já me acostumei com as críticas, não é um cisco no olho ou uma pedra no caminho que vai me fazer desistir.