LEITURA DE FINAL DE SEMANA

TEMPO PARA BUSCAR ESCLARECIMENTOS

Como a maioria dos brasileiros não trabalha nos finais de semana, além do tempo que destina ao lazer com a família e/ou amigos, muita gente, principalmente nesse momento em que a situação econômica e social do país mostra um claro e elevado grau de deterioração, costuma se esclarecer melhor colocando a leitura em dia.

 

 

CRISE MORAL?

Diante das infindáveis notícias que tratam do impressionante assalto à Petrobras, assim como descobertas de diversos roubos de dinheiro público, todos de grande monta, há quem imagine que a crise que o país vive é moral, ou seja, basta prender os ladrões para que as coisas voltem a melhorar. 

IMENSURÁVEL INCOMPETÊNCIA

Pois, aproveitando que estamos na véspera do final da semana, proponho que os leitores/assinantes do Ponto Critico virem, momentaneamente, esta página policial, que envolve a lista sem fim de corruptos e corruptores, e fiquem atentos aos prejuízos que o Brasil ainda vai sofrer como reflexo da imensurável INCOMPETÊNCIA deste fantástico governo destruidor-petista.

BANCOS PÚBLICOS

Pois, além do escabroso caso -Petrobras-, que já deixou a população brasileira pra lá de revoltada e de cabelo em pé, quando a realidade das contas dos bancos públicos vier à tona, aí a situação vai ficar incontrolável. Incontrolável sob dois aspectos: o econômico, que vai mostrar a sua face nitidamente DEPRESSIVA;  e o social, que vai levar muita gente ao DESESPERO.

SISTEMA FINANCEIRO

Hoje, em conversa reservada que mantive com um dos nossos pensadores (Pensar+), ouvi que um presidente de um grande banco (privado) se mostrou extremamente preocupado com a situação dos bancos públicos. O populismo/assistencialismo petista, como é sabido, promoveu elevada concessão de créditos com baixa possiblidade de retorno. Um rombo e tanto, portanto, está para ser conhecido.

Aliás, só os investimentos da Petrobras adicionada a "recuperação judicial" das empreiteiras (calote sobre os bancos), já seriam suficientes para originar um efeito cascata de ordem sistêmica sobre o sistema financeiro e as empresas. Mas a coisa é ainda pior, principalmente no BNDES, que simplesmente distribuiu DINHEIRO SEM VOLTA. 

AJUSTE FISCAL

Diante deste quadro, ainda não escancarado publicamente pela mídia, que por ora só tem olhos voltados para a Petrobras, e, considerando a absoluta fragilidade política que reina no país, o ajuste fiscal pretendido por Levy e sua equipe acabará sendo numa única direção: muito pelo aumento da receita e menos ou quase nada pela diminuição da despesa. Ou seja, mais dinheiro -limpo- sendo colocado no lamaçal público. Pode?
 

RACIOCÍNIO LÓGICO

Se alguém entende que só a quebradeira pode salvar o Brasil, um outro pensador (Pensar+), Roberto Rachewsky, reage da seguinte forma:  - A quebradeira só é bem-vinda nos casos de destruição criativa. Como consequência de processos inovadores. Essa que já está ocorrendo não mudará nada. O governo intensificará sua intervenção. A mudança de paradigma, que me parece ser sair do modelo estatizado para o de mercado, requer mudança de mentalidade. Isso não ocorre desse jeito.

O meu recado final é o seguinte: precisamos, todos, fazer do Movimento das Ruas algo que realmente conserte o país e não que o torne ainda mais inviável.

Bom fim de semana! Bons pensamentos!

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • PIBIIIINHO

    O IBGE informou hoje cedo que a economia brasileiro cresceu apenas 0,1% em 2014 . Que tal? Alguma novidade?  Alguém está surpreso? Detalhe: foi o menor crescimento desde 2009, quando a economia doméstica registrou resultado negativo de 0,2%.

  • PROTESTOS DE RUA

    Os três principais grupos organizadores dos protestos de 15 de março, que levou mais de 2 milhões de brasileiros às ruas, confirmaram nova participação para o dia 12 de abril. 
    Assim, o -Movimento Brasil Livre-, o -Revoltados On Line- e o -Vem Pra Rua- vão fazer as convocações  pelas redes sociais. Em frente.

  • ZELOTES

    Os governos petistas não esmorecem. Além de arrasar a economia do país, com recordes de desvios de dinheiro público como “Mensalão”,” Petrolão” o governo Dilma ganha mais uma operação. Desta feita é a - Zelotes, com desvios praticados no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF) . O montante estimado inicialmente é de R$ 19 bilhões.

  • EUA

    Ah, não posso deixar de informar: nos EUA, o crescimento do PIB no 4° trimestre se manteve em 2,2%. Já o índice de preços dos gastos com consumo pessoal (PCE) teve queda anual de 0,4% no 4° trimestre do ano passado em comparação com o aumento anual de 1,2% no 3° trimestre. Com o resultado, a inflação segue longe da meta do Fed (banco central dos EUA), que é de 2%.  

FRASE DO DIA

Há muitas razões para duvidar e uma só para crer.

Carlos Drummond de Andrade