 Página Inicial
  Enviar por e-mail
  Mensagem ao Editor
  Artigos Anteriores
  Grupo PENSAR!
  Sites Interessantes
  Assinar Web Letter
  Cancelar Assinatura

  Língua de Origem: Português  Google Translate English Google Translate Español Google Translate Française Google Translate Italiano Google Translate Deutsch            ANO XIII - Nº 194 - 29, 30 e 31/08/2014

DESAFIANDO A LÓGICA, A FÍSICA E O BOM SENSO

INCURÁVEL  

O incurável ministro Mantega, como se vivesse em outro planeta (já estou com pena dos habitantes desse planeta) sem dar a mínima para o enorme fiasco que se traduziu a economia brasileira por ele comandada nesses últimos anos, cometeu mais um impropério ao dizer, ontem, que o Brasil vai crescer 3% em 2015 e que a inflação ficará em 5%. Que tal?

Banner de apoiador: FLORENSE

MIRAGEM  

Mantega, certamente, está vendo miragens pelos olhos e pelos poros. Se alguma coisa de verdadeiro pode acontecer em 2015 é o agravamento da recessão que já bateu nas portas da indústria. E não demora também deve bater nas portas do comércio.

FOCUS  

O Boletim Focus, do BC, que goza de grande credibilidade porque traduz o pensamento dos agentes do mercado, além de projetar um crescimento pífio, de 0,6%, (por enquanto) para 2014, não arrisca um índice maior do que 1,2% para 2015.

EVOLUIU  

Para não dizer que Mantega continua exatamente o mesmo MINISTRO MEDÍOCRE que sempre foi, desta vez ao menos apresentou uma evolução: abandonou o índice mágico, de 4%, que a cada ano anunciava para o crescimento da nossa economia. Agora, mesmo muito fora da casinha ( diminuiu para 3%) Mantega já evoluiu muito, não?

COMPARAÇÃO  

Seria ótimo que Mantega tomasse conhecimento dos dados apresentados nesta semana pelo ex-ministro da Fazenda Delfim Netto, em artigo publicado na Folha de São Paulo. Eis, por exemplo, o resultado da comparação do quadriênio atual (de 2011 a 2014) com o anterior (de 2007 a 2010):

1) uma redução do crescimento acumulado do PIB de 19,6% para 7,4%, uma queda de 60%;

2) uma ampliação da taxa de inflação acumulada de 22,0 para 27,0%, um aumento de 20%; e

3) uma deterioração do déficit em conta corrente acumulado de US$ 98,2 bilhões para US$ 268 bilhões de dólares, um aumento de 170%. Que tal?

Banner de patrocinador: JIMO

ENCRENCADO BRASIL  

Como os petistas desafiam a lógica, a física, a matemática e, principalmente, o bom senso, certamente vão desconsiderar o que não pode ser contestado. Vão encontrar culpados, como sempre fazem, em outras freguesias que não as deles.

Ah, está cada vez mais difícil culpar a crise internacional, se forem observados os desempenhos econômicos de vários países latinos, como México, Chile, Colômbia, Peru, Panamá e Paraguai. Agora, para piorar o argumento petista, até os EUA deve crescer três ou quatro vezes mais do que o nosso encrencado Brasil.

PORTAL QUALIDADE

TROCA DE NOMES DE AVENIDAS  

Para finalizar, diante da repercussão que teve a minha NOTA DE NOJO, quanto à aprovação do projeto do PSOL, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, que resultou na troca do nome da Av. Castelo Branco para Av. Legalidade, só porque Ditador não pode ser nome de rua, faço aqui um desafio:

Partindo da mesma lógica e do mesmo fundamento, urge a troca dos nomes de pelo menos duas Avenidas. As que levam o nome de Getúlio Vargas e Júlio de Castilhos. Que tal? Vamos fazer campanha?

 

*PIB- A agenda de indicadores desta sexta-feira traz como destaque o PIB brasileiro do 2° trimestre, que recuou 0,60% ante ao 1° tri e registrou declínio de 0,90% na comparação com o mesmo período de 2013.

*INDÚSTRIA- Em queda pelo quarto trimestre consecutivo, o PIB industrial caiu 3,4% no 2° tri ante ao 1° tri. O indicador teve o maior recuo nessa comparação desde do 3° trimestre de 2009.

*COMÉRCIO E SERVIÇOS- Nos Serviços, o recuo foi puxado pelo desempenho negativo observado no Comércio (-2,2%) e em Outros serviços (-0,8%). O destaque positivo ficou a cargo dos Serviços de informação, com crescimento de 1,1%, seguido por Atividades imobiliárias e aluguel (0,6%) e Intermediação financeira e seguros (0,4%). Os serviços de Administração, saúde e educação pública (0,1%) e Transporte, armazenagem e correio (0,0%) mantiveram estabilidade em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Pela ótica do gasto, o resultado negativo do PIB foi puxado pelas quedas da Formação Bruta de Capital Fixo(-5,3%) e da Despesa de Consumo da Administração Pública (-0,7%). Estes recuos foram parcialmente contrabalançados pela Despesa de Consumo das Famílias, que variou +0,3% em relação ao trimestre anterior. No que se refere ao setor externo, as Exportações de Bens e Serviços cresceram 2,8%, enquanto que as Importações apresentaram queda de 2,1%. Em relação ao mesmo trimestre de 2013, a FBCF cai 11,2% (Ricardo Bergamini)

*BATATAS CONGELADAS- Importadas da Bélgica, as batatas congeladas Mydibel acabam de chegar com exclusividade em todo território nacional na rede Zaffari e Bourbon de supermercados e hipermercados. A marca exporta para mais de 100 países.

As batatas estão disponíveis em seis formatos diferentes: o clássico palito, Happy Faces (carinhas divertidas), Hearts (coração), ABC (letras do alfabeto), Bites (Cubinhos) e Mini Waffles. O formato tradicional de palito poderá ser encontrado em todas as 30 lojas da rede, enquanto os formatos diferenciados estarão à venda nas unidades de hipermercado.

 

Frase do Dia 
A vantagem da honestidade é que a concorrência é pequena.
  
  

Atendimento ao Assinante:    

Assinar Web Letter 
Enviar Resposta ao Editor 
Alterar endereço de e-Mail 
Cancelar Assinatura 
 
 
Equipe Editorial:    
Editor:  Gilberto Simões Pires    
Assinaturas:  Lúcia Pedroso 
Ferramentas Web:  Pedro Trautmann 
Para Anunciar:  Cristina Sacks