Frase do dia

  O erro está nos meios, bem mais do que nos princípios.  

- Napoleão Bonaparte

Artigos


21 jan 2022

VINCULAÇÃO AFETIVA DE TERROR


SÍNDROME DE ESTOCOLMO

O termo -SÍNDROME DE ESTOCOLMO-, que nada mais é do que uma VINCULAÇÃO AFETIVA DE TERROR, um estado psicológico em que vítimas se apaixonam pelo seu algoz, foi cunhado pelo criminalista e psiquiatra Nils Bejerot após examinar os reféns de um famoso assalto a um banco sueco, na capital Estocolmo, no ano de 1973, os quais desenvolveram uma RESPOSTA AFETIVA de LEALDADE E SOLIDARIEDADE por seus sequestradores.


PESQUISAS ELEITORAIS

Pois, quando vejo pesquisas eleitorais dando conta de que mais de 40% dos eleitores estão dispostos e/ou decididos a reeleger o ex-presidente Lula, cuja ficha criminal é repleta de CRIMES HEDIONDOS, o que me vem imediatamente à cabeça é que este enorme contingente de brasileiros se tornou vítima da mesma e preocupante -VINCULAÇÃO AFETIVA DE TERROR-, como foi diagnosticada pelo psiquiatra Bejerot, em Estocolmo. 


PAIXÃO DESENFREADA

Esta DESENFREADA VINCULAÇÃO AFETIVA, que arrebatou os corações de grande parte dos eleitores, precisa ser bem estudada e tratada pela psiquiatria e pela psicologia. Mais do que sabido, PAIXÕES DESENFREADAS não raro são capazes de bloquear totalmente o cérebro. Este sentimento se mostra evidente na medida em que -eleitores- não mais conseguem perceber que a volta do PT ao comando do Poder Executivo, que por sua vez vai chefiar a Suprema Corte, cuja maioria dos ministros já demonstrou o quanto está COMPROMETIDA com os interesses e propósitos SOCIALISTAS e/ou COMUNISTAS defendidos com unhas e dentes por Lula e seus seguidores. Este é o quadro vivo e claro que enxergo a cada pesquisa divulgada. 


SOCALISMO BOLIVARIANO

De novo: a cegueira eleitoral, que nada mais é do que a consequência direta da PAIXÃO DESENFREADA por Lula, pelo PT e/ou pelo SOCIALISMO, está plenamente estampada nas pesquisas. Sabendo ou não, o fato é que, embriagados com as narrativas preparadas cuidadosamente pelo Consórcio formado pelos maiores meios de comunicação, os pobres eleitores não têm consciência do que o Brasil, como impõe o escancarado projeto petista, irá DECOLAR e VOAR de forma triunfante em direção aos países latinos que já optaram pelo SOCIALISMO BOLIVARIANO. Com um detalhe: aí o DIVÓRCIO será muito difícil!. Você decide!


JOSÉ RIBEIRO

A propósito deste nojento papel da mídia, liderada pela rede Globo, eis o que diz o jornalista de Belo Horizonte, José Aparecido Ribeiro, que é também licenciado em Filosofia, sobre o comportamento da emissora: “A Globo colocou todo o seu arsenal tecnológico e humano a serviço de um MASSACRE JAMAIS VISTO na história de qualquer país civilizado do ocidente. A guerra ao presidente do Brasil já não é mais velada, tornou-se escancarada e desproporcional, levando a uma inversão de papéis que atenta contra a democracia. A população vem sendo submetida a uma -lavagem cerebral -em um momento que a televisão desempenha papel estratégico de informação e de segurança nacional. Descaradamente, apresenta notícias manipuladas, tiradas de contextos com montagens; recursos audiovisuais empregados para descontextualizar a fala do presidente e um jornalismo sem ética, a serviço dos interesses da emissora. Para a Globo não é a saúde do povo brasileiro que importa, e sim, a destruição do chefe da nação e dos sonhos de quem acredita nele, apesar dos seus defeitos. 


ESPAÇO PENSAR +

No ESPAÇO PENSAR+, INVESTIMENTO ESTRANGEIRO NO BRASIL DOBRA A DESPEITO DOS PESSIMISTAS DE PLANTÃO, por J.R. Guzzo. Confira: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais

Patrocínio:

20 jan 2022

ACREDITE SE QUISER


RIPLEY'S BELIVE OR NOT!

O cartunista americano, Robert Ripley, se tornou uma figura muito conhecida a partir do momento em que resolveu criar uma curiosa CRÔNICA DE JORNAL denominada -RIPLEY'S BELIVE OR NOT!-. Mas a série ganhou fama -mundial- quando Ripley passou a divulgar as imagens dos fatos e/ou casos -incríveis, inusitados, bizarros, muito estranhos, porém verdadeiros- na rede de televisão ABC, com apresentação do ator norte-americano Jack Palance e sua filha Holly Palance. No Brasil, na segunda metade dos anos 80, o programa de Ripley começou a ser transmitido pela antiga TV Manchete, com o título -ACREDITE, SE QUISER!-


CASO LULA

Pois, fico imaginando como seria a crônica do -ACREDITE, SE QUISER!-, do célebre Robert Ripley (falecido em 1949), ao tomar conhecimento da fantástica e inusitada ROUBALHEIRA praticada pelo PT, chefiada, coordenada e incentivada pelo ex-presidente Lula, considerado em prosa e verso como o MAIOR BANDIDO da história do nosso empobrecido Brasil. Mais: fico imaginando com que cara e gestos o ator Jack Palance apresentaria o -BELIVE OR NOT!-  mostrando que o larápio teve a sua condenação -anulada- pelo comprometido STF. 


JACK E HOLLY

Mais ainda: creio que tanto -Jack-, quando sua filha -Holly-, abandonariam para sempre o programa -BELIVE OR NOT!- no exato momento em que ficassem sabendo que depois das inusitadas falcatruas reveladas e provadas ao longo da OPERAÇÃO LAVA-JATO, o ex-presidiário não apenas saiu da prisão como confirmou a sua candidatura para -presidente do Brasil-, cujas pesquisas de intenção de voto, -ACREDITE, SE QUISER!-, apontam que o bandido goza da preferência dos eleitores. Pode?


TUDO TEM LIMITE

Ora, por mais que o -ACREDITE, SE QUISER!- se notabilizou por mostrar casos inéditos e até milagrosos, muita gente relutava em aceitar dizendo que se tratava de -fake news-, ou imagens montadas com a intenção de atingir maior audiência. Entretanto, uma coisa é mais do que certa: o papel nojento do STF, que determinou a soltura de Lula e todos os seus comparsas, foge totalmente de tudo aquilo que possa ser considerado como -incrível, inusitado, bizarro, muito estranho, etc.-. Resumindo: o que está acontecendo no nosso país jamais teria espaço num programa sério como o -BELIVE OR NOT! - Ou seja, tudo tem limite. E o limite está naquilo que é consagrado como FARSA, ou algo IMPOSSÍVEL de acontecer.



Leia mais

19 jan 2022

ENDIVIDAMENTO EXCESSIVO É PROBLEMA DO FINANCIADOR


ENDIVIDAMENTO DAS FAMÍLIAS

No dia 28/12, o Banco Central informou que a parcela da renda das famílias, acumulada nos últimos 12 meses, COMPROMETIDA COM DÍVIDAS com o SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL (leia-se -bancos-) alcançou 49,7%, percentual recorde de toda a série, iniciada em 2005. Ontem, 18/01, a Confederação Nacional do Comércio divulgou o resultado da Pesquisa de ENDIVIDAMENTO e -INADIMPLÊNCIA- das famílias, informando que em 2021 o endividamento TOTAL atingiu 70,9%, com crescimento de 4,4 pontos percentuais sobre 2020, o maior aumento registrado nos últimos 11 anos, quando começou a série histórica.


MODO -PÂNICO-

Pois, antes que os leitores entrem em MODO -PÂNICO-, com as costumeiras NARRATIVAS da MÍDIA ABUTRE, é importante observar que apesar do AUMENTO DO ENDIVIDAMENTO, os indicadores de INADIMPLÊNCIA apresentaram QUEDA NA MÉDIA ANUAL. Segundo o levantamento, 25,2% das famílias afirmaram estar com contas em atraso, ou seja, 0,28 pontos percentuais a menor que no ano anterior, quando 25,5% dos entrevistados faziam parte desse grupo.


RENEGOCIAÇÃO DAS DÍVIDAS

Como bem informa a pesquisadora da CNC, Izis Ferreira, ENDIVIDAMENTO é todo e qualquer compromisso financeiro do futuro, como cartão de crédito, empréstimos, contas de luz, prestações, etc. Já a INADIMPLÊNCIA é quando o consumidor possui alguma dessas dívidas em atraso. E neste quesito -INADIMPLÊNCIA- o número de famílias sem condições de pagar as dívidas que estão em atraso está em 10,5%, com redução de 0,56 pontos percentuais, frente aos 11% registrados em 2020. Detalhe importante: a RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS, assim como, o maior controle dos gastos, proporcionaram condições para que as famílias ampliassem tanto o ENDIVIDAMENTO quanto o CONSUMO, com capacidade de pagamento.


RETORNO AO CONSUMO

O que precisa ser dito e repetido é que o ANO DE 2021 foi marcado pelo RETORNO AO CONSUMO, que por sua vez e ímpeto promoveu um extraordinário AUMENTO DOS PREÇOS RELATIVOS. Estes dois fatores, como bem lembra Izis influenciaram diretamente os indicadores de endividamento, mas com motivações distintas para famílias com renda até 10 salários-mínimos, e famílias com renda acima de 10 salários-mínimos. - “Nas famílias mais pobres, o endividamento aumentou para complementar a renda, já que a -inflação- de itens básicos, como alimentação, medicamentos e habitação foi maior. Para os mais ricos, durante o primeiro ano de pandemia, eles pouparam, pois não estavam consumindo os serviços, por conta das restrições. Depois da segunda onda, com a vacinação, as flexibilizações geraram um aumento no consumo, e consequentemente no endividamento, já que essa faixa de renda mais alta usa muito o cartão de crédito como meio de pagamento.”, explica a pesquisadora.


CATEGORIAS DE DÍVIDAS

Mais, a pesquisa revela que dentro das categorias de dívidas, o uso do CARTÃO DE CRÉDITO chegou a 82,6%, sendo o principal tipo de endividamento, e também o maior número na média histórica. Em segundo lugar, vêm os CARNÊS, sendo usado por 18,1% dos entrevistados, seguido por FINANCIAMENTO DE CARRO, com 11,6% e FINANCIAMENTO DE CASA, com 9,1% dos entrevistados.


RISCO

Tudo leva a crer que a INADIMPLÊNCIA deverá crescer, a considerar que em dezembro o indicador de CONTAS EM ATRASO atingiu 26% das famílias. Isto não significa, como aponta o estudo, que a situação venha a ficar -fora de controle-. Entretanto, quem deve se preocupar é quem CONCEDE CRÉDITO. Todo financiador deve saber do RISCO QUE CORRE quando resolve aprovar e conceder crédito. Isto vale para bancos, empresas comerciais e todos aqueles que entregam seus produtos e prestam serviços com a promessa de receber mais adiante.  



Leia mais

18 jan 2022

O QUE ACONTECERIA SE A PETROBRAS RESOLVESSE NÃO COBRAR PELA GASOLINA E PELO DIESEL?


PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS - ASSUNTO ENRAIZADO

Tem certas e inúmeras coisas que depois de plantadas e enraizadas nas mentes das pessoas passa a ser entendida como algo dogmático tipo -definitivo e imutável-. No Brasil, dentro do vasto oceano de coisas que se tornaram -DEFINITIVAS, o preço dos combustíveis figura com enorme destaque. Neste particular, mais do que sabido, a MÍDIA martela constantemente a cabeça dos seus seguidores, que -preguiçosamente- se deixam influenciar a ponto de abandonarem por completo o uso do -raciocínio lógico-, que nada mais é do que aquilo que nos diferencia dos demais animais.


TIPO DE PETRÓLEO

Observem, que a formação dos PREÇOS DOS COMBUSTÍVEIS - gasolina e diesel por exemplo- inicia a partir da cotação do BARRIL DE PETRÓLEO no mercado internacional. Para quem não sabe, a referência mundial de QUALIDADE DO ÓLEO BRUTO é definida 1- pelo tipo BRENT, negociado em Londres, e o tipo WTI, negociado em Nova York. Ambos são óleos -LEVES- e como tal servem COMO BASE para calcular o preço do petróleo. No Brasil, vale lembrar, o que predominante é o TIPO PESADO, mais denso e, portanto, mais difícil de REFINAR. Por isso, as refinarias brasileiras (a maioria de propriedade da Petrobrás) precisam misturar o ÓLEO PESADO com o ÓLEO LEVE para obter um melhor resultado no processo de REFINO.  


18 REFINARIAS

Uma coisa, como se vê, mas muita gente se recusa a entender por força do pensamento -DEFINITIVO-, é que o PREÇO DO BARRIL DE PETRÓLEO é uma coisa; e outra, bem diferente, são os PREÇOS DA GASOLINA E DO DIESEL, cujos subprodutos resultam do processo de REFINO, onde cada uma das 18 REFINARIAS que existem hoje no nosso Brasil precisam usufruir do sagrado direito de poder disputar, dentro de um ambiente livre e concorrencial, com base na relação preço/qualidade dos produtos. 


OPERAÇÃO DE EXPLORAÇÃO

Como a Petrobras, além de empresa exploradora de petróleo (notadamente no pré-sal, em águas profundas), ainda é proprietária de 13 REFINARIAS, das quais já anunciou que pretende se desfazer de mais da metade para poder se dedicar totalmente à EXPLORAÇÃO, isto só tem alguma chance de atrair qualquer comprador se cada REFINARIA for capaz de decidir por qual preço pretende vender, por exemplo, a sua gasolina e o seu diesel através dos postos de abastecimento, ou mesmo diretamente aos grandes consumidores.


VILÃO É UM SÓ: O ICMS

Pois, o que mais lamento é que os governadores, que com o apoio de boa parte da mídia, não admitem que o ICMS é o grande e verdadeiro VILÃO que faz com que os PREÇOS DOS COMBUSTÍVEIS fiquem extremamente elevados (praticamente dobram o valor). Ao contrário, influenciam a opinião pública dizendo e repetindo, à exaustão, que o preço praticado nas bombas se dá por má vontade do governo federal e, por consequência, das empresas de refino, tanto das 13 que pertencem à Petrobras quanto da demais 5 que atuam no mercado. 


O ICMS INCIDE SOBRE A DOAÇÃO. PODE?

Mesmo sabendo que terei enorme dificuldade para ser entendido, a considerar que a maioria dos brasileiros já fechou questão sobre este assunto, ainda assim faço questão de afirmar o seguinte: caso a Petrobras resolvesse, por exemplo, DOAR toda a produção de gasolina e diesel que processa nas suas 13 REFINARIAS, mesmo assim os preços dos combustíveis permaneceriam extremamente elevados. A razão para tanto é que o ICMS não é calculado sobre o preço de venda -ou eventual -doação- das REFINARIAS, mas por valor ARBITRADO criminosamente pelos governadores. Que tal? Pois é. Esta é a mais pura verdade.  


ESPAÇO PENSAR+

No Espaço Pensar + de hoje, TIRANIAS NÃO BATEM À PORTA, por Percival Puggina. Confira aqui: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar.



Leia mais


Espaço Pensar +





GILBERTO SIMÕES PIRES

Formado em Administração, o comunicador de PENSAMENTO LIBERAL, nome de grande credibilidade na comunidade gaúcha, com ideias próprias e firmes, é defensor da economia de mercado e do fim de qualquer subsídio por parte do governo.

 

Gilberto Simões Pires iniciou sua carreira na área de comunicação em 1986, no Rádio. A seguir atuou como comentarista econômico na TVE (Mercado em Ação); na TV Guaíba (Câmera 2); no Grupo RBS (Rádio Gaúcha, RBS TV e Jornal Zero Hora); na TV Pampa (Pampa Boa Noite).
Após, na Rede Bandeirantes Porto Alegre, ancorou os programas -PRIMEIRO PLANO- na Band AM, e CONTROLE REMOTO na Band TV.
Por oito anos ancorou Programa -PONTOCRITICO.COM- no canal 20 da NET e, desde 2009, escreve diariamente a E-OPINION LIBERAL - PONTOCRITICO.COM- .


Em ambientes associativos é membro efetivo do Clube de Editores e Jornalistas de Opinião e coordenador da Sociedade Pensar+.

 

EQUIPE EDITORIAL

 

Editor: Gilberto Simões Pires
Assinaturas: Lúcia Pedroso
Para Anunciar: Cristina Sacks

Sites Interessantes