Artigos

14 ago 2020

A CARTA DE DESPEDIDA DE SALIM MATTAR


RAZÕES APONTADAS

Na sua CARTA DE DESPEDIDA, o LIBERAL, e agora ex-secretário especial de DESESTATIZAÇÃO E DESINVESTIMENTO do Ministério da Economia, Salim Mattar, diferente de outros que também caíram fora do governo, ressaltou que continuará apoiando suas pautas, mas que decidiu sair porque a CONTA ENTRE ESFORÇO E RESULTADO OBTIDO ERA NEGATIVA. 


DIFICULDADES PARA DESEMPENHAR O PAPEL DE SERVIDOR PÚBLICO

Ainda que no editorial de ontem já tenha manifestado a minha opinião quanto às terríveis dificuldades que os -raros- LIBERAIS têm quando se propõem a desempenhar o papel de SERVIDOR PÚBLICO, ou EMPREGADO DE ESTATAIS, volto ao tema com algumas complementações que julgo oportunas, notadamente depois de ler as narrativas de alguns analistas.


INTOLERANTES

Na real é preciso que os leitores saibam que ser LIBERAL não é tarefa nada fácil. Em primeiro lugar, só pode ser considerado LIBERAL quem é INTOLERANTE. Como tal, ao não tolerar a existência de PRIVILÉGIOS exige DECISÕES rápidas e eficientes para que TODOS SEJAM TRATADOS DE FORMA IGUAL. Nada diferente, aliás, do que está escrito na Constituição Federal, que só não é cumprida porque as CORPORAÇÕES mandam mais do que manda a Lei.  


TRAIDOR

Mais: LIBERAL é um sujeito AUTÊNTICO. Como tal NÃO TEM MALANDRAGEM NO CORPO. Ou seja, não é ESPERTO, não é BOM DE NEGÓCIO. Com ele é TUDO OU NADA. Se for flagrado, principalmente por outros LIBERAIS, admitindo que precisa ceder para levar vantagem mais adiante, é imediatamente EXCOMUNGADO. Ou seja, passa a ser um sujeito INTOLERANTE ou, muitas vezes, um TRAIDOR. 


ÊXITO É DEPENDENTE DO NÚMERO DE LIBERAIS

Nesta breve observação sobre o que caracteriza o comportamento de um LIBERAL, a conclusão que precisa ser extraída é pra lá de óbvia: As propostas LIBERAIS só serão exitosas no nosso empobrecido Brasil quando houver um bom número de LIBERAIS a ocuparem postos-chaves em todos os PODERES DA NOSSA POBRE E DESENCANTADA REPÚBLICA. Até que isto se torne uma realidade, o que vamos assistir são pedidos de demissões carregados de frustração daqueles poucos que aceitam cargos aqui e ali. 


ESPAÇO PENSAR +

No Espaço Pensar + de hoje : LIBERAL POR CONVENIÊNCIA? Não, obrigado!  - por Roberto Rachewsky - https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais


13 ago 2020

LIBERALISMO AINDA É MUITO DESCONHECIDO NO BRASIL


CULTURA LIBERAL

Desde que me descobri como LIBERAL, sentimento que foi despertado durante o meu período estudantil, me tornei um intransigente DEFENSOR e/ou PREGADOR DA LIBERDADE INDIVIDUAL. Mais: percebi que a cultura LIBERAL só poderia vingar no nosso empobrecido Brasil a partir de duas premissas:

1- com um significativo aumento no número de LIBERAIS; e,

2- promovendo constantes ESCLARECIMENTOS sobre os fundamentos do LIBERALISMO: DIREITO À VIDA, À LIBERDADE, À PROPRIEDADE E À BUSCA DA FELICIDADE.


CULTURA POPULISTA

Pois, ao longo do tempo, por mais que tenha me esforçado, e seguindo na mesma toada, estou convencido de que o número de LIBERAIS ainda é ínfimo e, por conseguinte, os ESCLARECIMENTOS não foram suficientes para mudar, minimamente, a cultura POPULISTA, que se instalou com a chegada dos portugueses que aqui chegaram a partir do ano de 1500, repleta de PRIVILÉGIOS para poucos e IMPUNIDADE para outros tantos.  


LIÇÕES DE IMBECILIDADE

O curioso é que as LIÇÕES DE IMBECILIDADE que foram sendo ministradas não só nas escolas públicas do país, mas principalmente estas, deram um espetacular resultado: até hoje o LIBERALISMO segue sendo ensinado como algo extremamente danoso para a sociedade. Mais: uma séria ameaça aos defensores do COLETIVISMO, cujos adeptos (maioria do povo) pregam, incessantemente, que o COLETIVO, o bem estar geral, o crescimento da nação, a proteção da sociedade, a revolução das classes oprimidas, a ascensão social, etc., são mais importantes e falam mais alto que as necessidades individuais de cada pessoa que compõe estes coletivos.


NÚMERO DE LIBERAIS SEGUE BAIXO

Ora, como não cresce de forma suficiente o número de LIBERAIS, e muita gente que se diz LIBERAL desembarca imediatamente da doutrina quando vê que está prestes a perder certos PRIVILÉGIOS, o fato de produzir ESCLARECIMENTOS não basta para fazer valer todos os FUNDAMENTOS que definem o LIBERALISMO. Ou seja, todos concordam até que....


ATAQUE INTENSO CONTRA OS LIBERAIS

Agora, com a tal da -debandada- dos secretários -LIBERAIS- da LIBERAL equipe econômica do governo, chefiada pelo liberal ministro Paulo Guedes, o que mais se viu foi um ataque intensivo da mídia contra os LIBERAIS, dizendo a todo momento que os LIBERAIS são bons para propor medidas LIBERALIZANTES, mas são incapazes de colocá-las em prática. Na realidade, estas pedras deveriam ser desferidas às CORPORAÇÕES - que não querem que elas aconteçam. De novo: CORPORAÇÕES tanto do SETOR PÚBLICO quanto do viciado SETOR PRIVADO.


FÓRUM DA LIBERDADE

Volto a repetir: enquanto o número de LIBERAIS não mostrar um efetivo crescimento, e depois disso os adeptos se recusarem a entrar na política, com o firme propósito de defender os FUNDAMENTOS DO LIBERALISMO, de nada adianta o esforço. Vejam , por exemplo, o que acontece em Porto Alegre, sede do renomado FÓRUM DA LIBERDADE, evento organizado e apresentado pelo Instituto de Estudos Empresariais, uma instituição formadora de LIBERAIS: nenhum LIBERAL se apresentou para concorrer como candidato para PREFEITO DA CAPITAL DO RS. Pode? Vejo muita gente boa de bico para criticar, mas na hora do baile não se apresentam para dançar. 


ESPAÇO PENSAR +

No Espaço Pensar + de hoje : INSTITUTO de FORMAÇÃO de LÍDERES - por Roberto Rachewsky - https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais


12 ago 2020

O ABANDONO DA LUTA


DEBANDADA

Não são poucos os temas que me proponho a comentar e/ou analisar nos meus editoriais. Entretanto, ao tomar conhecimento da saída dos liberais - Salim Mattar, secretário de DESESTATIZAÇÃO, e Paulo Uebel, secretário de DESBUROCRATIZAÇÃO, este tema goza de ALTA PRIORIDADE para ser abordado e, se possível, compreendido pelos leitores que foram pegos de surpresa com a notícia da DEBANDADA, como classificou o ministro Paulo Guedes.  


TIME DAS CORPORAÇÕES

Pois, para começar, é importante lembrar que no início do governo Bolsonaro, lá em janeiro de 2019, escrevi dizendo que as PRETENSÕES LIBERAIS defendidas pela equipe econômica, como bem consta no Plano de Governo que elegeu o presidente Jair Bolsonaro, iriam BATER DE FRENTE com as PRETENSÕES do PODEROSÍSSIMO TIME DAS CORPORAÇÕES.  


PITADA DE PESSIMISMO

Senti, naquela ocasião, que a minha afirmação teve uma repercussão ruim junto a vários e fiéis leitores. Alguns, inclusive, enviaram mensagens dizendo que o meu texto continha PITADAS INCABÍVEIS DE PESSIMISMO, uma vez que O governo Bolsonaro foi eleito por defender um ousado PLANO DE DESBUROCRATIZAÇÃO E DE DESESTATIZAÇÃO. 


AJUDA DOS ÁRBITROS

Se a saída de Mansueto, por mais que já estivesse combinada, exalou um cheiro de DESCONFIANÇA, agora, com a queda de Mattar e de Uebel, fica evidente que o TIME DAS CORPORAÇÕES está dando de goleada. Mais: além de jogadores muito fortes, o TIME DAS CORPORAÇÕES vem recebendo, desde sempre, uma fantástica AJUDA dos ÁRBITROS. Observem que além de paralisar o jogo a todo momento, ainda tomam decisões absurdas visando impedir até as intenções de ataque dos LIBERAIS, pouco importando que a torcida exige um jogo justo.


PERSISTÊNCIA

Pois, por mais que não esteja surpreso com o resultado do JOGO, como já havia previsto lá no início de 2019, o que me impressiona é o ABANDONO DA LUTA. Vejam, por exemplo, o meu caso: mesmo sabendo das dificuldades, que não são poucas nem leves, sigo focado, com muita persistência, produzindo conteúdos que têm como propósito ESCLARECER o quanto o povo brasileiro é vítima dos PRIVILÉGIOS conferidos aos SERVIDORES PÚBLICOS e EMPREGADOS DE ESTATAIS, considerados de PRIMEIRA CLASSE. 


ADMISSÃO DA DERROTA

Confesso que, mesmo levando em boa consideração o que disseram os dois secretários para justificar suas saídas da equipe econômica, vi, infelizmente, que ambos admitiram a derrota frente ao TIME DAS CORPORAÇÕES bem antes do jogo terminar. De novo: eles não podem dizer que não sabiam com quem estavam tratando. Ou seja, mesmo quando admito que a probabilidade de ser derrotado é grande, ainda assim sigo lutando. 



Leia mais


11 ago 2020

POVO COMPROVADAMENTE TESTADO


TESTE ENCERRADO

Se, em algum momento, as decisões estapafúrdias tomadas  pelos ministros da Suprema Corte, as quais, decididamente, contrastam com aquilo que o chamado MUNDO CIVILIZADO entende por JUSTIÇA, foi entendida como uma PEGADINHA, com o propósito de TESTAR A POPULAÇÃO para descobrir o LIMITE DA INDIGNAÇÃO DO POVO, esta tarefa/sensação foi dada por encerrada, definitivamente,  no dia 2 de agosto. 


PRESCRIÇÃO

No dia 2/8, para quem não sabe, a maioria dos ministros do STF votou pela prescrição, em cinco anos, de ações de ressarcimento aos cofres públicos contra agentes que cometam ato de IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.


CINCO ANOS

Traduzindo, isto significa que uma vez mantido o entendimento da maioria (seis ministros votaram pela prescrição), um processo só poderá ser iniciado até CINCO ANOS a partir da data em que foi descoberto o fato apontado como irregular. Ou seja, só dentro do prazo de CINCO ANOS o Estado poderá entrar com ações para DEVOLUÇÃO DO DINHEIRO ROUBADO. Que tal?


IMPUNIDADE

Ora, como o STF não julgou nenhuma ação da tropa de bandidos da Lava Jato que já foram condenados em PRIMEIRA E SEGUNDA INSTÂNCIA, o que comprova uma explícita adoração e compromisso com a IMPUNIDADE, fica claro que a ordem é deixar passar CINCO ANOS para eximir os condenados de DEVOLVER O QUE FOI ROUBADO. 


APENAS INDIGNADO

Se muita gente ainda carregava a esperança de que a qualquer momento a crescente INDIGNAÇÃO estava amadurecendo a possibilidade de se transformar em AÇÃO, como nada aconteceu depois de passados pouco mais de uma semana desta fantástica decisão dos SEIS MINISTROS, tudo leva a crer que o resultado do TESTE foi revelador: o brasileiro prefere ser apenas e tão somente um POVO INDIGNADO. Nada mais do que INDIGNADO. Pode? 


ESPAÇO PENSAR +

No Espaço Pensar + de hoje:  IDEOLOGIA DO CEMITÉRIO - "O “Partido Funerário Brasileiro” e a volta do distanciamento social - por J.R.Guzzo e  SURTOS - por Roberto Rachewsky - Acesse o link https://www.pontocritico.com/espaco-pensar .



Leia mais


10 ago 2020

A VERDADE PRECISA SER REPETIDA MIL VEZES


O EFEITO REPETIÇÃO

Assim como Joseph Goebbels afirmava, com total convicção, que UMA MENTIRA REPETIDA MIL VEZES TORNA-SE VERDADE, esta máxima me leva a crer, também com absoluta convicção, que UMA VERDADE REPETIDA MIL VEZES REFORÇA A VERDADE. Ou seja, o que é efeito na arte do convencimento sobre qualquer coisa que é dita está na REPETIÇÃO. 


SÓ RESTA CUMPRIR

Portanto, partindo deste pressuposto é importante REPETIR, na quantidade maior possível, que as DESPESAS COM FOLHA DE PAGAMENTO DOS SERVIDORES, por força CONSTITUCIONAL, são ABSOLUTAMENTE INTOCÁVEIS, independe da vontade de qualquer governante, quer seja ele do Poder Executivo, do Legislativo ou do Judiciário. De novo: qualquer funcionário ESTATUTÁRIO que é contratado, ou qualquer reajuste salarial que a ele for concedido, passa a gozar do DIREITO ADQUIRIDO-. Em síntese: vira DESPESA PÚBLICA PARA SEMPRE.  


DESCONHECIMENTO DA SOCIEDADE

Infelizmente, a sociedade brasileira, influenciada com muita frequência pela mídia nada esclarecedora, dá demonstração constante do quanto desconhece esta REGRA CONSTITUCIONAL, que ainda está BLINDADA POR CLÁUSULAS PÉTREAS, do tipo que só pode ser modificada por uma NOVA CONSTITUIÇÃO, ou seja não está ao alcance de qualquer PEC- Projeto de Emenda Constitucional. 


DISPOSIÇÃO PARA CORTAR GASTOS

Vejam, por exemplo, que entra dia e sai dia e o que mais se vê, ouve e lê é que os governantes em geral, independente do Poder (Executivo, Legislativo ou Judiciário) não mostram disposição para cortar despesas, mas, ao contrário, se mostram prontos e dispostos para aumentar a arrecadação via a criação de um novo imposto e/ou majoração de alíquotas de tributos já existentes. 


PRIMEIRA CLASSE

Segundo dados OFICIAIS levantados pelo economista Ricardo Bergamini, um grupo de trabalhadores de PRIMEIRA CLASSE (servidores públicos), composto por 12,6 milhões de brasileiros (ativos, inativos, civis e militares) que representam apenas 5,97% da população brasileira, sendo 2,2 milhões federais, 4,0 milhões estaduais e 6,4 milhões de municipais, custaram R$ 1.172,6 bilhões em 2019, correspondente a 16,16% do PIB. Esse percentual representou 48,59% da carga tributária que foi de 33,26% do PIB em 2018.

Esta CONTA PÚBLICA, goste ou não o governante, deve ser PAGA.  


MÍSEROS 3%

Somando com os GASTOS CONSIDERADOS OBRIGATÓRIOS (assim definidos pelo LEGISLATIVO com apoio irrestrito do JUDICIÁRIO, as DESPESAS PÚBLICAS chegam a mais de 97% do total arrecadado. Em tese, o papel do PODER EXECUTIVO, quer seja da União, dos Estados ou dos Municípios, é de apenas e tão somente PAGAR. Eles só têm poder de cortar DESPESAS DISCRICIONÁRIAS, que estão em torno de míseros 3%. Mais: se fossem todas CORTADAS não fariam cócegas na DESPESA GERAL. 


PROVIDÊNCIA ÚNICA

Gostem ou não, a SOLUÇÃO para GASTOS COM PESSOAL está numa NOVA CONSTITUIÇÃO. Sem esta importante providência não há como diminuir os MAIORES GASTOS PÚBLICOS QUE O BRASIL ENFRENTA . Em todos os níveis.


ESPAÇO PENSAR +

No Espaço Pensar + de hoje - A NAÇÃO PEDE RESPEITO - por Percival Puggina. https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais


08 ago 2020

A CULPA NÃO É DO MÊS DE AGOSTO


LENDA COM CARA DE FAKE NEWS

Entra ano e sai ano e o mês de AGOSTO segue mantendo a fama, notadamente para aqueles que são dominados pela superstição, de MÊS DO DESGOSTO, ou, para muitos, de MÊS DO CACHORRO LOUCO. 


LENDA

Segundo reza a lenda, no século 1 os antigos romanos temiam o mês de agosto, por acreditar que nessa época aparecia no céu, durante a noite, um dragão cuspindo fogo. Na, realidade tratava-se da constelação de Leão, que fica mais visível durante este período do ano. 

Mais recentemente, alguns acontecimentos mundiais ajudaram para manter a crença de que o mês de AGOSTO é agourento, como: 1- no dia 2 de agosto de 1934, Hitler tornou-se líder da Alemanha; 2- em 1945, nos dias 6 e 9 de agosto, Hiroshima e Nagasaki foram atacadas pelas bombas atômicas. No Brasil, por exemplo, no dia 21 de agosto de 1961 Jânio Quadros renunciou à presidência; e no dia 24 de agosto de 1954, Getúlio Vargas cometeu suicídio.


CULPA É DO MÊS DE AGOSTO?

Ora, problemas e soluções não marcam dia, mês e hora para se tornarem realidade. Quem faz as coisas acontecerem somos nós, que habitamos este planeta, e nada têm a ver com os meses do ano. 


DECISÕES DO SUPREMO

Vejam, por exemplo, que os ministros do STF nunca mostraram mínima preocupação em aguardar a chegada do mês de agosto para decidir aquilo que nem os FEROZES DRAGÕES, CUSPINDO FOGO PELAS VENTAS, seriam capazes. Como se vê, o ministro Gilmar Mendes não espera a chegada do mês de AGOSTO para mandar soltar todos os tipos de bandidos; da mesma forma, o ministro Alexandre de Moraes, que atua diariamente contra a liberdade de todos os brasileiros.


MUITA COISA BOA

Pois, na minha ótica o mês de agosto oferece muita coisa boa para festejar. Um, que me dá imenso prazer e alegria, é que a minha filha nasceu no dia 13. Outro, porque o segundo domingo de agosto, aqui no Brasil, é o Dia dos Pais. não há, portanto, como considerar que este é o MÊS DO DESGOSTO.


DIA DOS PAIS

O editorial do Ponto Critico, que deveria ser entregue ontem, 6ª feira, acontece nesta manhã de sábado com votos de muita felicidade a todos os PAIS. Aproveitem, pais e filhos, este domingo de forma especial. Troquem abraços, festejem a companhia e relevem o que puderem. Sejam felizes!



Leia mais